Essa sou eu

Mãe, carioca, jornalista, escritora. Creio que essas quatro palavras resumem um pouco do que sou: uma apaixonada por pessoas e palavras.
Estudei jornalismo e publicidade na PUC do Rio de Janeiro, cidade onde moro e sou especialista em Literatura Infantil e Juvenil pela UFF. Trabalhei com assessoria de imprensa, marketing e assessoria artística na indústria fonográfica por muitos anos. Hoje faço traduções de inglês e espanhol, escrevo press releases, resenhas e roteiros, faço leituras críticas, além de ministrar oficinas e mini cursos ligadas à palavra e à literatura infantil.
Meu primeiro livro foi lançado em 2001, ano em que também me associei à AEI-LIJ (Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil), da qual fui presidente no biênio 2013/2015.
Vez ou outra me aventuro por outras searas. Um exemplo, foi compor, em parceria com Raquel Durães, uma música chamada “Boitatá”, para o CD Beija-Flor, da Savalla Records.
    

É bem verdade que levei um bom tempo até perder a timidez e começar a mostrar minhas histórias, mas depois que comecei não parei mais. Os prêmios que ganhei - o Carioquinha, da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, e o Adolfo Aizen, da União Brasileira de Escritores (UBE), ambos em 2001 - quando não tinha nenhum livro publicado, foram o pontapé inicial.